quarta-feira, 30 de novembro de 2016

Apresentação

Essa é uma apresentação do blog e de quem escreve, ou re-apresentação, pois esse blog existe há muito tempo, já teve tantas caras, tantos estilos, não muito sucesso, para mim é um espaço para simplesmente fazer o que amo: escrever.

Acredito que em 2008 ou  2009 comecei a escrever nesse espaço, e de lá pra cá tantos temas já passaram por aqui. No início mesmo foi um blog destinado a minhas "paixões da adolescência", eu falava sobre bandas, sobre a "onda colorida" na época. Logo após  mudei para textos reflexivos meus sobre a Bíblia, mensagens que chegaram a alcançar pessoas e teve um resultado que gostei bastante, em geral gosto de escrever sobre isso e é o que você verá em alta aqui nesse blog.

Enfim, esse blog já teve muitas "caras", então chegou um dia que eu quis transformá-lo em um blog de maquiagem, com tutoriais e etc, a ideia não foi para frente, acabei apagando todas as postagens que tinha (tenho salvas, como rascunho, aos poucos vou postar novamente as que eu mais gostar), deixei ele em branco e desde então está assim.

A partir daqui cabe agora a falar um pouco sobre quem escreve. Me chamo Rayane Vidal, tenho 20 anos, sou estudante de Letras pelo IFCE. Desde pequena já gostava de escrever, na infancia escrevia diários, cadernos de versos, de musicas, de pensamentos (tenho guardados até hoje). Sempre tive esse amor pela escrita, sempre tive sim o sonho de ser uma escritora famosa, de vender varios exemplares de minhas obras, inclusive já cheguei a começar a escrever um livro, abandonei na metade, perdi os cadernos (sempre escrevo em cadernos, amo cadernos, tenho coleções), perdi a linha de raciocínio. Na verdade me desmotivei com a escrita, embora fosse algo tão verdadeiro dentro de mim.

 Até eu iniciar uma Licenciatura em Letras, fiz Enem, consegui a vaga, tentei desistir e tive chances inexplicáveis para voltar, era a vida me mostrando que era isso mesmo, esse caminho que eu deveria seguir... Embora o curso seja uma licenciatura, o que é muito louco pra mim também, pois nunca quis seguir a carreira de professor, embora minha família seja de professores, minha mãe pedagoga, leciona a vida toda, está prestes a se aposentar, minha irmã acaba de se formar e também já exerce a profissão.

Quando no ensino médio os professores perguntavam "Quem quer ser professor?" eu nunca levantava o braço, se tinha algo que eu sabia que eu NÃO iria fazer no futuro era ser professora. Embora já tenha até experiencias como professora de reforço, como monitora no colégio, enfim, agora já aceitei que nasci pra isso e esse amor já está florescendo em meu coração. Não descartando nunca, a escrita, meu grande sonho. E por conta desse renascimento do amor pela escrita em meu coração, volto ao blog.

Não sei sobre o que vou escrever, sinceramente, não vai ter um tema específico, vou somente escrever... por isso esse nome "Sem t1tulo" (o 1 substituindo o "i" porque ja existe outro blog como "sem titulo"), esse é o nome perfeito. Espero que apreciem a leitura daqui em diante. Que Deus te abençoe e te guarde sempre!